Bem-vindo ao site oficial da Comunidade 0937

Somos um grupo de fãs de LEGO sediado em Portugal e fundado em 2006.
Temos como missão promover este passatempo para todas as idades, realizando exposições e encontros um pouco por todo o país. Disponibilizamos ainda este espaço online, uma plataforma de discussão e informação que é também a principal porta de entrada para novos membros que se queiram iniciar neste passatempo.
Clique aqui para saber mais sobre nós.

Philo em entrevista

Olá Philo!

Fala-nos um pouco sobre ti: Quem és? O que fazes e de onde vens?

Nasci em 1956, moro perto de Paris, em França. Sou engenheiro electrotécnico e desenho circuitos para comunicações numa pequena empresa sedeada em Paris.
Philo foi a alcunha que os meus colegas me deram quando tinha 14 anos

Como foi que descobriste o LEGO? Lembras-te do teu primeiro conjunto?

Quando era novo tive alguns conjuntos e apesar de brincar muito com eles não era muito bom construtor. O meu primeiro conjunto era composto principalmente por bricks 2×4 vermelhos e brancos, ainda feitos de CA (Acetato de Celulose). Mais tarde recebi um grande conjunto, o 060.

Qual é o teu tema favorito e o que gostas mais de construir?

Technic/MINDSTORMS (não os consigo separar). As minhas construções favoritas são mecanismos simples mas eficazes. Os módulos GBC são um bom exemplo, a maioria tem apenas um motor e poucas peças, no entanto funcionam sem falhas (qualquer pessoa que já tenha tentado construir um grande circuito GBC sabe a importância que tem a fiabilidade de cada módulo!)
 
Passaste por uma dark age?

De facto passei por duas A primeira ocorreu quando era um teenager. Eu tentava construir mecanismos simples a partir de plates e rodas com studs mas não podia avançar muito dado que a linha Technic ainda não existia. Assim a química e a electrónica depressa absorveram todo o meu tempo livre. No final dos anos 80 descobri o Technic mas mesmo o Control Center (8094) que comprei não me satisfazia (é muito difícil ensinar-lhe movimentos e não tem retorno do input) e não tinha tempo para criar o meu próprio controlador. Assim perdi novamente o interesse e tive uma segunda dark age, iluminada apenas pelo LEGO da minha filha! Então em 99 ofereci-lhe pelo aniversário um conjunto MINDSTORMS e em pouco tempo brincava muito mais com ele do que ela (ela ainda insiste em dizer que é o RIS dela!!!). Desde então estou outra vez viciado em LEGO Mas já não é uma actividade solitária porque descobri a enorme comunidade de fãs LEGO na Internet com quem posso partilhar ideias e mostrar as minhas criações.
 
O que é que te atrai mais no LEGO para que o tenhas eleito como hóbi?

Há algumas coisas que me agarraram:
O sistema modular que permite testar ideias em pouco tempo;
O prazer de manipular peças de grande qualidade;
A grande e amigável comunidade;

Podes falar-nos um pouco sobre a comunidade AFOL em França?

O FreeLUG foi criado em 2003 e sou um dos primeiros membros. Somos neste momento cerca de 150 pessoas, incluindo alguns membros do Canadá e Bélgica. Infelizmente muito poucos são fãs de MINDSTORMS De qualquer forma gosto muito dos nossos encontros porque fico encantado com o engenho das criações de Cidade e Comboio. O meu sentido estético não é bom o suficiente para aí obter bons resultados

Onde procuras inspiração para as tuas criações?

Muitas vezes inspiro-me em problemas da vida real que podem ter uma solução LEGO, por exemplo a minha série de fotografia (PanoBot, turntable, sky shooter). Também pode vir de concursos em que tenha participado – e por vezes vencido (Hammerhead, o lançador de CDs, Pimousse o levantador de pesos). Algumas criações nascem como aplicações para sensores que improviso, como por exemplo o sensor de mira LASER que está na origem de um robot colector de barris e o separador de tijolos que foi criado para o meu sensor de cor. Outras vezes imagino mecanismos engraçados (Pneumawheel) ou simplesmente copio/modifico/melhoro criações de outras pessoas, por exemplo temos o relógio de bolas do Bob Kojima ou o meu andante tipo Theo Jansen que foi inspirado pelo trabalho do Chris Magno

E quem é que tens nos Favoritos?

Eu não tenho favoritos! Frequentemente recorro ao FreeLUG e ao Lugnet para ler as notícias sobre a comunidade francesa e mundial. Também subscrevi os feeds RSS de blogs como o NXT Step, NXTasy e visito ainda o NXTlog da LEGO.

Qual é a tua criação preferida? Porquê?

A mais impressionante criação que já vi (e brinquei) é provavelmente o pinball em escala real construído pelo Gerrit Bronsveld e Martijn Boogaarts Das minhas criações escolho o PanoBot que despertou não só a curiosidade dos entusiastas LEGO mas também de alguns fotógrafos

Qual é o teu elemento LEGO preferido?

O NXT!

 

Link para a discussão no Fórum 0937 

Home Page do Philo

 

Comments are closed.